Domingo, 14 de Outubro de 2007

Um pouco de humor...

POESIA MATEMÁTICA
Quem 60 
ao teu lado 
e 70 por ti,
vai certamente 
rezar 1/3
para arranjar 
1/2 de te levar para 1/4
e ter a coragem de te dizer:
20 comer ! ! !

Autor desconhecido

tags: ,

publicado por tpf às 23:45
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Junho de 2007

Registos...

A máquina fotográfica já faz parte do conjunto

de objectos que me acompanham para todo o lado.

É que há instantes e imagens que merecem ser capatdos...

( Imagens captadas em 23 e 24 de Junho)

    

 

   

 

 

   

 

 

   

 

    

 

 

   

 

   

 


publicado por tpf às 00:05
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 15 de Junho de 2007

Leãozinho II - Caetano Veloso

tags: , ,

publicado por tpf às 00:04
link do post | comentar | favorito
Sábado, 2 de Junho de 2007

Porque se diz que o amor é cego?

 

 

Conta-se que, uma vez, se reuniram os Sentimentos e as Qualidades dos Homens num certo lugar da Terra...

 

 Quando o ABORRECIMENTO havia reclamado pela terceira vez, a LOUCURA, louca como sempre , propôs-lhe :

 

- Vamos brincar ás escondidas ?

 

 A INTRIGA levantou a sobrancelha - intrigada - e a CURIOSIDADE, sem poder conter-se, perguntou:

- Escondidas ? Como é isso?

 

- É um jogo, explicou a LOUCURA, em que eu fecho os olhos e começo a contar de um até um milhão enquanto vocês se escondem, e quando eu tiver terminado de contar, o primeiro de vocês que eu encontrar ocupará o meu lugar para continuar o jogo.

 

 O ENTUSIASMO dançou seguido pela EUFORIA.

 

A ALEGRIA deu tantos saltos que acabou convencendo a DÚVIDA e até mesmo a APATIA, que nunca se interessava por nada.

 

Mas nem todos quiseram participar.

 

A VERDADE preferiu não se esconder.  Para quê? Se no final todos a encontrariam?

 

A SOBERBA opinou que era um jogo maluco (no fundo o que a incomodava era que a ideia não tivesse sido dela) e a COBARDIA preferiu não arriscar.

 

- Um, dois, três, quatro... - começou a LOUCURA a contar .

 

A primeira a esconder-se foi a PRESSA, que como sempre caiu atrás da primeira pedra do caminho.

 

A FÉ subiu ao céu e a INVEJA escondeu-se  atrás da sombra do TRIUNFO, que com seu próprio esforço, tinha conseguido subir à copa da árvore mais alta.

 

 A GENEROSIDADE quase não consegue esconder-se, pois cada local que encontrava lhe parecia maravilhoso para algum de seus amigos - se era um lago cristalino, ideal para a BELEZA; se era a copa de uma árvore, perfeito para a TIMIDEZ; se era o voo de uma borboleta, o melhor para a VOLÚPIA; se era uma rajada de vento, magnífico para a LIBERDADE. E assim, acabou por esconder-se num raio de sol.

 

 O EGOÍSMO, ao contrário, encontrou um local muito bom desde o início. Ventilado, cómodo, mas apenas para ele.

 

 

A MENTIRA escondeu-se no fundo do oceano (mentira, na realidade, escondeu-se atrás do arco-íris), e a PAIXÃO e o DESEJO, no centro dos vulcões.

 

 O ESQUECIMENTO, não me recordo onde se escondeu, mas isso não é o  importante...

 

Quando a LOUCURA estava lá pelos 999.999, o AMOR ainda não havia encontrado um local para se esconder, pois todos já estavam ocupados, até que encontrou um roseiral e, carinhosamente, decidiu esconder-se entre suas flores.

 

- Um milhão - contou a LOUCURA. E começou a busca.

 

A primeira a aparecer foi a PRESSA, apenas a três passos de uma pedra. Depois, ouviu-se a FÉ discutindo com Deus no Céu sobre zoologia.

 

Sentiu-se vibrar a PAIXÃO e o DESEJO nos vulcões.

 

Num descuido encontrou a INVEJA, e claro, pôde deduzir onde estava o TRIUNFO.

 

O EGOÍSMO, nem teve  que procurá-lo. Ele sozinho saiu disparado de seu esconderijo, que na verdade era um ninho de vespas.

 

De tanto caminhar, a LOUCURA sentiu sede, e ao aproximar-se de um lago descobriu a BELEZA.

 

A DÚVIDA foi mais fácil ainda, pois a encontrou sentada sobre uma cerca sem decidir de que lado esconder-se.

 

E assim foi encontrando a todos.

 

O TALENTO entre a erva fresca; a ANGÚSTIA numa cova escura;

 

a MENTIRA atrás do arco-íris (mentira, estava no fundo do oceano);

 

e até o ESQUECIMENTO, a quem já havia esquecido que estava a brincar ás escondidas !!!!

 

Apenas o Amor não aparecia em lado nenhum.

 

A LOUCURA procurou atrás de cada árvore, em baixo de cada rocha do planeta, e em cima das montanhas.

 

Quando estava a ponto de dar-se por vencida, encontrou um roseiral.

 

Pegou uma forquilha e começou a mover os ramos, quando no mesmo instante, se escutou-s um doloroso grito.

 

Os espinhos tinham ferido o AMOR nos olhos.

 

 A LOUCURA não sabia o que fazer para desculpar-se chorou, rezou, implorou, pediu perdão e até prometeu ser seu guia.

 

Desde então, desde que pela primeira vez se brincou às escondidas na terra:

O AMOR é cego e a LOUCURA  acompanha-o sempre .....

 

In  http://why_not.blogs.sapo.pt/5330.html

 


publicado por tpf às 21:05
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Maio de 2007

Mensagens que andam no ar, ou melhor...na Rede

Ao fim de algum tempo…

 

… descobres  que só porque alguém não te ama do jeito que tu queres que ame, não significa que esse alguém não te ame com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.

 

 

tags: ,

publicado por tpf às 16:56
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Maio de 2007

Erudição

PROVÉRBIOS PARA GENTE CULTA

Expõe-me com quem deambulas e a tua idiossincrasia augurarei.

(Diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és)



Espécime avícola na cavidade metacárpica, supera os congéneres revolteando

em duplicado.

(Mais vale um pássaro na mão, que dois a voar)



Ausência de percepção ocular, insensibiliza órgão cardial.

(Olhos que não vêem, coração que não sente)



Equídeo objecto de dádiva, não é passível de observação odontológica.

(A cavalo dado não se olha o dente)



O globo ocular do proprietário torna obesos os bovinos.

(O olho do amo engorda o gado)



Idêntico ascendente, idêntico descendente.

(Tal pai, tal filho)



Descendente de espécime piscícola sabe locomover-se em líquido inorgânico.

(Filho de peixe sabe nadar)



Pequena leguminosa seca após pequena leguminosa seca atesta a capacidade de

ingestão de espécie avícola.

(Grão a grão enche a galinha o papo)



Tem o monarca no baixo ventre.

(Tem o rei na barriga)



Quem movimenta os músculos supra faciais mais longe do primeiro,

movimenta-os substancialmente em condições excepcionais.

(Quem ri por último ri melhor)



Quem aguarda longamente, atinge o estado de exaustão.

(Quem espera desespera)

--


publicado por tpf às 22:40
link do post | comentar | favorito
Domingo, 27 de Maio de 2007

Os Homens são de Marte, as Mulheres de Vénus


John Gray parte de uma brincadeira para falar de coisas sérias.

E se o seu marido (a sua mulher) fosse um ET?

Nem mais.

Se partíssemos do princípio que homens e mulheres vieram de planetas diferentes e que sempre aceitaram as suas diferenças, vivendo felizes e em paz, e apenas na terra, esquecidos dessas diferenças, passaram a discutir?

Ao invés de sugerir que homens e mulheres pensem, sintam e ajam da mesma forma, John Gray, conhecido terapeuta da família, especialista em problemas de comunicação, sugere, neste livro, que aprendamos a aceitar as diferenças entre homens e mulheres.

tags: ,

publicado por tpf às 14:30
link do post | comentar | favorito

Imperdível...

 

in http://sorumbatico.blogspot.com/

tags: , ,

publicado por tpf às 11:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 26 de Maio de 2007

amizade...

 

 

Um amigo é uma pessoa com a qual se pode pensar em voz alta.(Ralph Waldo Emerson, pensador norte-americano)

 

 As pessoas são solitárias porque constroem paredes em vez de pontes. (Joseph F. Newton)

 

Uma pessoa para compreender tem de se transformar.(Saint-Exupéry)

 

A verdadeira amizade é como a fosforescência: nota-se melhor quando tudo ficou às escuras. (Tagore)

 

 Se fizeres um favor, não o recordes; se receberes um favor, nunca o esqueças. (Autor desconhecido)

 

  O verdadeiro amor não se conhece por aquilo que exige, mas por aquilo que oferece. (Jacinto Benavente)

 

  Se quer ser amado, ame. (Séneca)

 

 O vitorioso tem muitos amigos; o vencido, bons amigos.(Provérbio mongol)

 

Os amigos verdadeiros são aqueles que vêm compartilhar a nossa felicidade quando os chamamos, e a nossa desgraça sem serem chamados.(Demetrio de Falera)

 

 A única maneira de ter um amigo é ser um. (Ralph Waldo Emerson)

 

A viagem mais importante que podemos fazer na vida é encontrar pessoas pelo caminho.(Autor desconhecido)

 

Ter um inimigo comum não é bom fundamento para uma amizade verdadeira.(Richard Stengel)

 

O maior prazer que alguém pode sentir é o de causar prazer aos seus amigos.(Autor desconhecido)

 

Grande parte da vitalidade de uma amizade reside no respeito pelas diferenças, não apenas em desfrutar das semelhanças.(James Fredericks)

 

A amizade é uma predisposição recíproca que torna dois seres igualmente ciosos da felicidade um do outro.(Platão)

 

 A amizade duplica as alegrias e divide as tristezas.(Bacon)

 

Um irmão pode não ser um amigo, mas um amigo será sempre um irmão.(Demétrio)

 

Não preciso de amigos que mudem quando eu mudo e concordem quando eu concordo. A minha sombra faz isso muito melhor.(Plutarco)

 

  A amizade que acaba nunca principiou. (Publius Syrus)

 

 A falta de amigos faz com que o mundo pareça um deserto. (Francis Bacon)

 

Amigo é um irmão que a gente escolhe. (Autor desconhecido)

 

 É difícil fazer um amigo num ano; mas, é fácil perdê-lo numa hora. (Provérbio Chinês)

 

Amigos são aquelas pessoas raras que nos perguntam como estamos e depois ficam à espera da resposta.(E. Cunningham)

 

 Não abandones o velho amigo, porque o novo não será como ele.(Bíblia)

 

 Quando o teu amigo atravessar alguma aflição, não o aborreças perguntando-lhe o que podes fazer por ele. Pensa em algo apropriado e fá-lo . (Ed. Howe)

 

  Não pode haver amizade sem confiança, nem confiança sem integridade. (Autor desconhecido)

 

 Um tesouro nem sempre é um amigo, mas um amigo é sempre um tesouro.(Autor desconhecido)

 

  Os homens compram tudo pronto nas lojas... Mas como não há lojas de amigos, os homens não têm amigos.(Saint-Exupéry)

 

 Não há prazer comparável ao de encontrar um velho amigo, a não ser o de fazer um novo.(Kipling)

 

 

                                   

 

 

 

tags: , ,

publicado por tpf às 02:23
link do post | comentar | favorito

Revoltado

Ninguém imaginaria que um Governo

" Socialista"

enveredasse

por um caminho de ataque feroz à queles que trabalham com o suor do seu rosto e com umdesgaste psíquico inquestionável, enquanto propicia

um clima de facilidades

ao capital financeiro e aos grandes grupos económicos, numa linha de neoliberalismo

descarado. O pequeno e médio trabalhador do Estado é o bode expiatório duma situação onde a classe política de topo e os grandes gestores se continuam a " amanhar" à volta do orçamento do Estado. Veja-se só:

os salários dos portugueses atingiram o valor mais baixo dos últimos 22 anos, mas…os administradores e gestores, nos últimos cinco anos, triplicaram os seus salários.

 

A generalidade das pensões de aposentação sofreram um grande corte…mas em 2006 duplicou o número de pensões de aposentação, da Administração Pública, superiores a 4000 euros.

 

Eu não votei socialista...!


publicado por tpf às 02:03
link do post | comentar | favorito

.o meu poema...

... Gostava de ser poeta/dizer o indizível/pensar o impossível/...agarrar a palavra certa!

.time

.Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Um pouco de humor...

. Registos...

. Leãozinho II - Caetano Ve...

. Porque se diz que o amor ...

. Mensagens que andam no ar...

. Erudição

. Os Homens são de Marte, a...

. Imperdível...

. amizade...

. Revoltado

.tags

. ´monsaraz

. 11 de setembro

. 25 abril

. 25 de abril

. a. caeiro

. abba

. abertura

. absurdo

. actualiadade

. actualidade

. agricultura biológica

. alegria

. alfabetização

. algarve

. almendres

. alviela

. alvorada

. amar_sofrer

. ambiente

. amizade

. amor

. amor-ódio

. amorpelafotografia

. amorpelasférias(!)

. amorporportugal

. amorportugal

. ano

. ano da terra

. ano internacional

. ano novo

. anseios

. arqueologia

. arte

. aspiração

. ausencia

. autobiografia

. azulejos

. barata moura

. beijo

. beirabaixa

. bernardo de chartres

. big bang

. big brother...

. bio

. biografia

. blogue

. boff

. brecht

. budismo

. cabedelo

. caetano veloso

. calendario

. calendário

. calma

. capitalismo

. cat stevens

. ciência

. contentamento

. conversao

. crendice

. cristianismo

. cromeleque

. cruz

. culpas

. desejo

. desencontros

. destaque sapo

. desumanizaçao

. deus

. escolha

. esperança

.

. felicidade

. filosofia

. humor

. imagens

. kafka

. liberdade

. madonna

. música

. musica

. musicvid

. natureza

. oração

. pensamentos

. poesia

. política

. portugal

. reflexão

. relações

. religião

. responsabilidade

. sexo

. teatro

. tempo

. temporalidade

. tomar

. torga

. viagens

. vida

. todas as tags

.posts recentes

. Um pouco de humor...

. Registos...

. Leãozinho II - Caetano Ve...

. Porque se diz que o amor ...

. Mensagens que andam no ar...

. Erudição

. Os Homens são de Marte, a...

. Imperdível...

. amizade...

. Revoltado

.pesquisar

 

.visitas

Cingular

.subscrever feeds