Domingo, 14 de Outubro de 2007

Manter a calma

http://img00.mh2img.net/56Calma_I.jpg

 

Sempre que perdemos a calma, perdemos também a lucidez e o bom senso. Nesses momentos, podemos cometer muitos erros.

E quando investimos contra as pessoas que amamos, podemos magoa-las muito. Podemos feri-las com palavras e com actos.

Tratando- se de crianças, que são frágeis e ficam indefesas frente ao descontrole dos adultos, tudo assume maior gravidade.

Jamais nos permitamos a ira, que é sempre má companhia. Domemos as nossas más tendências e os nossos impulsos agressivos, recordando que nada na vida é mais precioso do que as pessoas.

Preservemos a calma e ofereçamos àqueles que são os centros das nossas vidas somente o carinho, a ternura e as doces manifestações do amor.

www.momento.com.br ( adapatado)



publicado por tpf às 22:42
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 18 de Abril de 2007

O segredo das distâncias...

 

E quando o amor entre duas pessoas, sendo verdadeiro, toma as formas de ódio?

Quando duas pessoas , de tanto se quererem, de tanto desejarem ter-se e de tão excessivamente próximas se magoam?

 

Uma história:

 

Um grupo de porcos-espinho comia tranquilamente na planície. De repente a tempestade de neve … Instintivamente, uniram-se, encostaram-se, fundiram-se numa só carne de modo a escapar ao frio glaciar e encontrar algum calor na união…Porém, quanto mais se encostavam, mais os espinhos penetravam dolorosamente nos seus corpos. Feridos e ensanguentados, afastaram-se…mas o vento gelou-os novamente. Permaneceram assim, ofendidos pelos espinhos uns de outros? Não! Aproximaram-se de novo, mas agora com uma preocupação: não se magoaarem, procurando a distância ideal, nem longe de mais (aproveitando o calor da união )  nem perto de mais ( para não se ferirem ) .

Assim, acabaram por vencer a tempestade.

 

O segredo das distâncias…

O segredo daqueles pequenos “ quês” que edificam a relação.

 

Adaptado de: Henrique Manuel, Mas há  Sinais…, Paulinas, 2002


publicado por tpf às 00:43
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2007

nostalgia

Navegando por aí, deparamo-nos , por vezes, com coisas de que gostamos. Textos, imagens...Ao procurar no google " estrela cadente" , encontro, por acaso este texto. Gostei dele...

"Sento-me neste rochedo que encontrei. Que me mostraste um dia. Onde me abraçaste num momento. Em que senti o teu calor pela primeira vez.
Passeio a vista pelo areal alisado pelo vento: um dia teve as nossas pegadas lado a lado.
Brincaste tu ou o vento com os meus cabelos? Foram os teus lábios ou a maresia que me entonteceram de ti? A voz suave que ainda ecoa é o teu timbre ou o meu pensamento?
No raio de sol que luta por entre aquela nuvem sinto o calor da tua mão procurando-me, relembrando promessas que nunca se cumprirão.
Nunca me perguntes como, mas eu sei que nos teus olhos ainda vês o nosso mar através dos meus...

 

 by MariaMar


publicado por tpf às 19:19
link do post | comentar | favorito

.o meu poema...

... Gostava de ser poeta/dizer o indizível/pensar o impossível/...agarrar a palavra certa!

.Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Manter a calma

. O segredo das distâncias....

. nostalgia

.tags

. ´monsaraz

. 11 de setembro

. 25 abril

. 25 de abril

. a. caeiro

. abba

. abertura

. absurdo

. actualiadade

. actualidade

. agricultura biológica

. alegria

. alfabetização

. algarve

. almendres

. alviela

. alvorada

. amar_sofrer

. ambiente

. amizade

. amor

. amor-ódio

. amorpelafotografia

. amorpelasférias(!)

. amorporportugal

. amorportugal

. ano

. ano da terra

. ano internacional

. ano novo

. anseios

. arqueologia

. arte

. aspiração

. ausencia

. autobiografia

. azulejos

. barata moura

. beijo

. beirabaixa

. bernardo de chartres

. big bang

. big brother...

. bio

. biografia

. blogue

. boff

. brecht

. budismo

. cabedelo

. caetano veloso

. calendario

. calendário

. calma

. capitalismo

. cat stevens

. ciência

. contentamento

. conversao

. crendice

. cristianismo

. cromeleque

. cruz

. culpas

. desejo

. desencontros

. destaque sapo

. desumanizaçao

. deus

. escolha

. esperança

.

. felicidade

. filosofia

. humor

. imagens

. kafka

. liberdade

. madonna

. música

. musica

. musicvid

. natureza

. oração

. pensamentos

. poesia

. política

. portugal

. reflexão

. relações

. religião

. responsabilidade

. sexo

. teatro

. tempo

. temporalidade

. tomar

. torga

. viagens

. vida

. todas as tags

.posts recentes

. Manter a calma

. O segredo das distâncias....

. nostalgia

.pesquisar

 

.subscrever feeds