Domingo, 12 de Agosto de 2007

Torga

Algumas vezes o vimos , nas ruas da cidade, na Gráfica...figura apagada, austera, mas que encerrava um grande Homem e Escritor.
Torga é o autor de "O Outro Livro de Job", "Cântico do Homem", "Contos da Montanha", "Bichos", "Vindima", "Fogo Preso" e de "A Criação do Mundo". A sua obra é extensa e compreende várias dezenas de títulos, repartidos por poesia, ficção, teatro, ensaio além do intenso "Diário".

Ao longo das décadas, Miguel Torga foi distinguido com os mais importantes prémios literários, nacionais e internacionais, chegando a ser nomeado, por várias vezes, para o Nobel da Literatura. A sua obra foi sempre publicada em edição de autor, até 1999, quando uma casa editorial iniciou a publicação da "Obra Completa".

O escritor adoptou o pseudónimo aos 27 anos, com a publicação do ensaio "A Terceira Voz", em 1934. O apelido Torga tinha origem num arbusto particularmente resistente, ligado à terra por raízes muito profundas. E o nome próprio Miguel vinha dos escritores espanhóis Cervantes e Unamuno, do pintor, escultor e arquitecto da Renascença Miguel Ângelo, e do anjo que vencera o demónio, Miguel Arcanjo.

Coimbra celebrou centenário
Um monumento de homenagem a Miguel Torga foi inaugurado hoje em Coimbra, cidade onde Miguel Torga viveu e escreveu durante décadas e onde morreu, a 17 de Janeiro de 1995.

O poeta e deputado Manuel Alegre foi um dos oradores na cerimónia de inauguração do monumento, uma escultura em formato de passadiço com 27 metros de comprimento da autoria de José António Bandeirinha e António Olaio.

Além da inscrição "Torga" pode ler-se na escultura um excerto do "Diário XIV" do escritor: "De todos os cilícios, um, apenas/Me foi grato sofrer:/Cinquenta anos de desassossego/A ver correr, /Serenas/ As águas do Mondego".


publicado por tpf às 15:15
link do post | comentar | favorito

.o meu poema...

... Gostava de ser poeta/dizer o indizível/pensar o impossível/...agarrar a palavra certa!

.time

.Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Mais uma vez...O Magalhãe...

. Blindness - the film

. Art in hospitals

. Pela amizade que você me ...

. Sobre a Vírgula

. Humilhado, tal como milh...

. A realidade e a ilusão

. Sonoridades...

. O avanço da ciência e o r...

. CERN recria os primeiros ...

.tags

. ´monsaraz

. 11 de setembro

. 25 abril

. 25 de abril

. a. caeiro

. abba

. abertura

. absurdo

. actualiadade

. actualidade

. agricultura biológica

. alegria

. alfabetização

. algarve

. almendres

. alviela

. alvorada

. amar_sofrer

. ambiente

. amizade

. amor

. amor-ódio

. amorpelafotografia

. amorpelasférias(!)

. amorporportugal

. amorportugal

. ano

. ano da terra

. ano internacional

. ano novo

. anseios

. arqueologia

. arte

. aspiração

. ausencia

. autobiografia

. azulejos

. barata moura

. beijo

. beirabaixa

. bernardo de chartres

. big bang

. big brother...

. bio

. biografia

. blogue

. boff

. brecht

. budismo

. cabedelo

. caetano veloso

. calendario

. calendário

. calma

. capitalismo

. cat stevens

. ciência

. contentamento

. conversao

. crendice

. cristianismo

. cromeleque

. cruz

. culpas

. desejo

. desencontros

. destaque sapo

. desumanizaçao

. deus

. escolha

. esperança

.

. felicidade

. filosofia

. humor

. imagens

. kafka

. liberdade

. madonna

. música

. musica

. musicvid

. natureza

. oração

. pensamentos

. poesia

. política

. portugal

. reflexão

. relações

. religião

. responsabilidade

. sexo

. teatro

. tempo

. temporalidade

. tomar

. torga

. viagens

. vida

. todas as tags

.posts recentes

. Mais uma vez...O Magalhãe...

. Blindness - the film

. Art in hospitals

. Pela amizade que você me ...

. Sobre a Vírgula

. Humilhado, tal como milh...

. A realidade e a ilusão

. Sonoridades...

. O avanço da ciência e o r...

. CERN recria os primeiros ...

.pesquisar

 

.visitas

Cingular

.subscrever feeds